O Projeto Alimento vem mostrando em suas entrevistas e artigos que a mudança no sistema alimentar depende de uma transformação profunda na forma como tratamos o alimento. Essas transformações envolvem aspectos sociais, econômicos, políticos e científicos. E estão relacionadas com modos de vida, a maneira como entendemos o tempo e o trabalho e também o cuidado que temos com o meio ambiente e a saúde.

Pensando nisso, temos promovido uma educação voltada para os aspectos culturais na relação que estabelecemos com o alimento e a alimentação.

Adotamos uma metodologia própria desenvolvida pelo Projeto Alimento e sempre utilizamos como referência o Guia Alimentar para População Brasileira.

Nossos cursos abordam os mais variados temas: política alimentar, significados da alimentação; alimentação e cidadania; desperdício de alimentos; consumo de alimentos industrializados; alimentação agroecológica e orgânica; alimentação escolar; práticas alimentares e meio ambiente; consumo excessivo de alimentos; alimentação saudável, etc.

Todas as atividades são feitas sob demanda. E podem ter formatos e períodos de duração variáveis de acordo com o público estimado.

Fazemos desde cursos de imersão para grupos reduzidos até palestras com ampla abrangência.

O objetivo é sensibilizar estudantes e profissionais para as questões de alimentação, saúde e sustentabilidade.

Entre nossos parceiros estão SESI, SESC, escolas, faculdades, prefeituras, empresas, associações e outros.

Já realizamos, por exemplo, formação para profissionais de áreas variadas, oficinas com alunos e professores da educação infantil ao médio, palestras no âmbito da semana de CIPA, etc.

Também assessoramos a criação e desenvolvimento de cursos de pós-graduação voltados para o tema da alimentação.

Você ficou interessado e gostaria de encomendar um de nossos cursos?

Escreva-nos um e-mail: [email protected]

Vamos adorar fazer uma parceria!

Um grande abraço,

Maíra Bueno.